sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Aviso Pós-Morte

Em 1970, o jornalista Moacyr Jorge foi a Belo Horizonte fazer uma reportagem sobre o médium Zé Arigó. Lá, lhe foi relatado pelo delegado de polícia José Marques Pereira o seguinte caso:

- Eu viajava na rodovia Belo Horizonte/Sete Lagoas - relata o delegado - quando uma mulher aflita acenou com as duas mãos para que eu parasse o carro.

Ao pará-lo, a mulher lhe disse que seu carro caíra no abismo, e que sua filha estava lá, viva.

- Descemos a ribanceira - continua ele - Quando chegamos lá em baixo, encontramos a garota ainda com vida.

O surpreendente foi que ao lado da garota, estava o cadáver de uma mulher morta; a mesma que pediu socorro para salvar a filha.

Fonte: Paranormalidades
Postar um comentário