segunda-feira, 4 de abril de 2016

Humanos Podem ter Convivido com Unicórnios

Desenho do unicórnio siberiano - Heinrich Harder/Wikipédia

Uma pesquisa publicada na terça-feira passada (29/03) pela Tomsk State University (TSU), do Cazaquistão, afirma que nossos ancestrais pré-históricos podem ter coexistido na Terra com unicórnios, há mais de 29 mil anos.

Mas se engana quem pensar que eram criaturas fofinhas parecidas com um cavalo. A espécie chamada de "unicórnio siberiano" ou "Elasmotherium sibiricum", na verdade, é um rinoceronte de chifre comprido.

Até o momento, acreditava-se que o unicórnio siberiano havia desaparecido há 350 mil anos, mas um estudo publicado no "American Journal of Applied Science" indica que o animal existiu por mais tempo, com base em um crânio bem preservado descoberto no Cazaquistão. Esses animais, provavelmente vegetarianos, pesavam até quatro toneladas e podiam medir dois metros de altura, por cinco metros de comprimento.

Segundo o estudo liderado pelo paleontólogo Andrey Shpanski, o habitat desses animais se estendia do rio Don ao leste do atual Cazaquistão.

Shpanski disse que deve realizar novos testes de datação por radiocarbono em outros fósseis descobertos da espécie, cuja idade estimada era de 50 mil a 100 mil anos.


Da AFP
Postar um comentário