quinta-feira, 11 de agosto de 2011

As pedras dropa

Em 1938 o arqueólogo Dr. Chi Pu Tei, escavando nas montanhas entre a fronteira do Tibete e da China, descobriu umas pedras em forma de disco, que mediam mais ou menos 24 centímetros e possuíam um furo no centro.
        
A princípio não havia nada de tão especial nesse achado, porém depois de um certo tempo algumas coisas descobertas através das pedras acabaram surpreendendo a todos.
              
Esses discos possuíam um tipo de escrita muito semelhante a hieróglifos, que saiam do centro e iam em espiral até as bordas. Depois de algum tempo de estudos, os pesquisadores conseguiram descobrir o significado dessas escrituras e elas contavam a história de um povo que viera do espaço.

Esses seres de outro mundo teriam vivido nas montanhas onde foram encontrados os discos de pedras, além disso, nesse local foram encontrados alguns corpos de seres baixinhos com cabeças grandes, porém humanos.


Segundo a “lenda”, foram descobertos mais de 700 discos de pedra (com cerca 25 cm e um buraco no meio) com aproximadamente 12 mil anos e com uma dupla espiral de minúsculos hieróglifos gravados … contando a historia de uma raça extraterrestre de  nome Dropa.


Fonte:  Nibrutsit.