segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Regeneração Espontânea


Pierre de Rudder era um camponês belga que vivia em Jabbeke, perto da cidade de Bruges. A sua estranha história tem início em 1869, quando caiu de uma árvore e partiu uma perna. Os danos foram tão graves que a perna ficou irremediavelmente perdida e quando os fragmentos ósseos foram removidos, mais de 3 centímetros separavam a perna da coxa. Apenas os músculos e a pele mantinham a perna de Pierre.

De Rudder depois do milagre.
O médico sugeriu-lhe amputar o membro mas, apesar da dor, ele recusou terminantemente a sugestão. Sofreu dores horríveis durante oito anos, antes de decidir visitar a cidade de Oostacker, local de um santuário da nossa senhora de Lourdes.

A viagem causou sofrimento indescritível a De Rudder. Ele precisou ser colocado no comboio por três pessoas e a supuração na zona do ferimento era tão repelente que ele quase foi atirado para fora do vagão.

Não é preciso dizer que De Rudder estava com terrível mau humor, quando, finalmente, chegou ao santuário e pôs-se a rezar.

Foi nesse momento que um súbito êxtase o dominou e de acordo com as testemunhas, ele ficou em pé e caminhou, sem o auxílio das muletas.

De Rudder morreu em 1898 e o Dr. Van Hoestenbergh exumou-lhe o corpo dois anos depois, para poder examinar mais de perto as pernas e os ossos originais do seu ex-paciente.

“Fotos dos ossos mostraram claramente que um novo osso foi usado para regenerar a perna irreparavelmente partida”, revelou o médico.


Fonte: Livro «O Livro dos Fenômenos Estranhos» de Charles Berlitz
Postar um comentário
Si prega di attivare i Javascript! / Please turn on Javascript!

Javaskripta ko calu karem! / Bitte schalten Sie Javascript!

Por favor, active Javascript!

Qing dakai JavaScript! / Qing dakai JavaScript!

Пожалуйста включите JavaScript! / Silakan aktifkan Javascript!Better Stop Adblock