quinta-feira, 17 de março de 2011

A Máquina do Tempo

No final do século 19, o que se vê é um mundo ainda fincado em valores ultrapassados, com pessoas que teimam em não evoluir apesar da explosão do conhecimento científico. 
O cientista George (Rod Taylor, de Os Pássaros) não aceita a realidade de seu tempo. Ele crê ser capaz de mudar de mundo. Sua ambição é tanta que ele constrói uma máquina do tempo, capaz de levá-lo para o futuro, longe do ano presente de 1899. George se transporta para muitos milênios adiante, em 802.701, quando espera que existam seres mais evoluídos e uma realidade totalmente diferente.

Mas George se engana. O que ele encontra é um mundo de pernas para o ar. Inconformado com a mudança da raça humana, que segundo supunha deveria ter avançado, ele percebe que o ser humano retrocedeu em termos de progresso, civilização e sociedade. Tanto tempo adiante foi suficiente para ele presenciar o surgimento de uma nova ordem.

A evolução encarregou-se de subdividir a espécie humana: os Morlock e os Eloi. Um predador, outro presa. Um deles vive na superfície do planeta. São dóceis e bastante pacíficos, incapazes de se defender ou reagir. O outro está nas profundezas dos subterrâneos. Uma raça primata, violenta, deformada e canibal, que se alimenta dos habitantes da superfície.

Frustrado e assustado, George decide voltar para casa. Mas não pode. Os Morlock apreenderam sua invenção. E agora ele tem que conseguir sua máquina de volta. Para isso, o cientista enfrentará muitos problemas e surpresas. A obra de H.G. Wells, escrita há cerca de 100 anos, contém ingredientes bastante originais e que permanecem atuais, o que garantiu ao filme um remake, em 2002, dirigido pelo bisneto do autor, Simon Wells.


Sinopse

Um cientista visionário inglês constrói uma máquina capaz de viajar no tempo, e começa a percorrer o futuro, onde testemunhará mudanças pouco favoráveis para a humanidade, tais como a Segunda Guerra Mundial. Ele acaba parando milhares de anos no futuro, na esperança de ver paz entre homens, mas acha uma estranha terra onde o comportamento dos “homo sapiens” é determinado por bizarras criaturas que vivem no subsolo.

A primeira versão cinematográfica de A Máquina do Tempo (The Time Machine, 1960, 103 min.) também é baseado no clássico literário de H.G. Wells. Como no romance, trata a história futurista do cientista que cria uma máquina capaz de transportá-lo para outro mundo, mais avançado humana e tecnologicamente. Dirigido por George Pal, a superprodução foi premiada com um Oscar de Melhores Efeitos Especiais.


Ficha Técnica

Título Original: The Time Machine
Gênero: Ficção Científica
Origem/Ano: EUA-UK/1960
Duração: 103 min
Roteiro: David Duncan
Direção: George Pal

Elenco

Rod Taylor... George
Alan Young...Filby
Yvette Mimieux...Weena
Sebastian Cabot...Dr. Philip Hillyer
Tom Helmore...Anthony Bridewell
Whit Bissell...Walter Kemp
Doris Lloyd...Mrs. Watchett

Fontes: Webcine; www.cineplayers.com.
Postar um comentário
Si prega di attivare i Javascript! / Please turn on Javascript!

Javaskripta ko calu karem! / Bitte schalten Sie Javascript!

Por favor, active Javascript!

Qing dakai JavaScript! / Qing dakai JavaScript!

Пожалуйста включите JavaScript! / Silakan aktifkan Javascript!Better Stop Adblock