sábado, 16 de abril de 2016

Área 51

Lazar informou que o governo americano pesquisa nada menos que nove discos voadores na Área 51

"A invisibilidade mudou irrevogavelmente o modo como as batalhas aéreas têm sido e serão travadas. O lago Groom, em Nevada, é o epicentro das pesquisas confidenciais da Força Aérea com relação à invisibilidade e a outras tecnologias exóticas referentes ao espaço aéreo. Daqui a 30 anos, talvez ainda não saibamos nem metade do que vem sendo testado hoje em dia nos arredores do lago Groom." — Nick Cook

Definição: A Área 51, apelidada de acordo com sua posição num antigo mapa de Nevada, é supostamente uma base militar secreta ao norte de Las Vegas, localizada no coração da Área de Teste de Nevada, que incorpora parte da gigantesca Nellis Air Force Range.

Dizemos "supostamente" porque o governo dos EUA não reconhece sua existência.

O que os crentes dizem: A Área 51 é o lugar onde os militares mantêm a espaçonave alienígena. É também onde militares e alienígenas desenvolvem em parceria projetos altamente confidenciais de engenharia reversa. O que acontece na Área 51 não só prova que aliens e OVNIs são reais, como também que o governo do EUA sabe disso há anos e agora trabalha regularmente com eles.

O que os céticos dizem: A Área 51 é uma base militar de testes "mais do que ultrassecreta", onde o governo dos EUA projeta, constrói e testa aeronaves, armas e sistemas de comunicação avançados. Ponto.

Qualidade das provas existentes: Fraca.

Probabilidade de o fenômeno ser paranormal: Baixa.

Notícia: Em 29 de setembro de 1995, o presidente Clinton assinou o Ato Executivo n° 95-15, que isentou a Área 51 (a qual, lembre-se, não existe) de todas as leis locais, interestaduais, estaduais e federais.

Notícia: Em 12 de outubro de 1996, o presidente Clinton isentou a Área 51 de todos os regulamentos ambientais locais, interestaduais, estaduais e federais.

Notícia: Em 31 de janeiro de 2001, o presidente Bush renovou as isenções da Área 51 com relação às leis locais, interestaduais, estaduais e federais.

O que está acontecendo na Área 51 que justifique o presidente dos Estados Unidos eximir a área de suas obrigações de obediência a todas as leis e regulamentos ambientais?

O que está acontecendo na Área 51 para garantir a supressão de provas — por meio de um ato executivo — dos crimes passados e futuros do governo?

O que está acontecendo na Área 51 para que a base de teste não apareça em nenhum orçamento federal de distribuição de verbas, nem nos mapas da administração da Aviação Federal e do Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos?

O que está acontecendo na Área 51 para que a base sequer tenha um nome oficial?

Será que existe alguma nave alienígena resgatada escondida em um dos muitos hangares e abrigos subterrâneos da Área 51?

Será que o governo dos EUA tem trabalhado com os alienígenas em operações conjuntas envolvendo viagens espaciais e armamentos avançados do outro mundo?

Será que o pessoal que trabalha na Área 51 passa os dias brincando de engenharia reversa com tecnologia alienígena, a qual supostamente já proporcionou à humanidade o transistor, os supercondutores, a tecnologia de microondas, comunicações via satélite, até mesmo o velcro e o Superball?

Serão todas essas perguntas profundamente ridículas, uma vez que não existe evidência empírica alguma que faça até mesmo valer a pena perguntar?

A história da Área 51 começa em meados da década de 1950, quando a CIA precisou de um lugar para testar o projeto ultrassecreto do bombardeiro U2. Nos anos que se seguiram, o local continuou a ser utilizado para pesquisas militares, projetos e produções; porém, no decorrer destes anos, a área passou a ser associada a OVNIs, espaçonaves extraterrestres resgatadas, além de programas e projetos de pesquisas alienígenas ultrassecretos.

Como isso aconteceu? Por que se acredita que a Área 51 seja o lar dos OVNIs e de outras coisas?

No final da década de 1980, um homem chamado Robert Lazar começou a aparecer na televisão e em documentários dizendo ter participado dos projetos de engenharia reversa de tecnologia alienígena na base militar do lago Groom (Área 51). Ele possuía, na verdade, provas de ter trabalhado certa vez para a Força Aérea, mas todas as afirmações feitas com relação aos OVNIs e ao trabalho desenvolvido na base permanecem, até os dias de hoje, sem fundamento.

Os pronunciamentos públicos de Lazar desencadearam a onda de turismo à Área 51. As pessoas começaram a visitar o local (ou tão perto quanto conseguiam chegar sem serem presas), e os rumores e histórias acerca da área aumentaram exponencialmente.

Alguns entusiastas das teorias de conspiração afirmam que as histórias acerca da Área 51 foram divulgadas pelo governo de forma deliberada, como parte de uma grande campanha para desacreditar a situação.

Sabe-se que lá ocorrem pesquisas altamente avançadas sobre aviação e armamento, numa área quase do tamanho de Connecticut, patrulhada por seguranças que, ao verem visitantes suspeitos, têm permissão para usar todo e qualquer recurso a fim de impedir a invasão da base.

Podemos chegar a alguma conclusão acerca do que acontece nesse lugar conhecido pelos pilotos como "Terra dos Sonhos"? Sim, podemos: baseados em provas empíricas, depoimentos e no senso comum, parece extremamente improvável que quaisquer dos rumores sobre ETs na Área 51 sejam verdadeiros.

O mais provável é que lá ocorram pesquisas muito avançadas que o governo não deseja que venham a público e que explicam muito bem a segurança mais rígida do que o normal nessa grande porção do sul de Nevada.

Aprendemos recentemente, porém, através de uma série de ações judiciais contra o governo dos EUA e de um programa veiculado pelo 60 Minutes, que materiais tóxicos são rotineiramente destruídos na Área 51 em gigantes "poços crematórios". Alguns dos trabalhadores que participaram da queima dos materiais químicos desenvolveram câncer e doenças de pele devido às toxinas liberadas na fumaça à qual encontravam-se expostos.

Será interessante observar o desfecho dessas ações, uma vez que, como já foi dito, tudo o que ocorre na Área 51 está acima de qualquer lei.

No fim, tal imunidade talvez venha a ser o maior escândalo de todos.


Fonte: Os 100 Maiores Mistérios do Mundo - Stephen J. Spugnesi - Difel 2004
Postar um comentário