sábado, 9 de julho de 2011

Sweetheart


Durante cinco anos, no final da década de 70, um enorme crocodilo marinho de 800 quilos e 5 metros de comprimento semeou o pânico e colheu fama em toda a Austrália.

Batizado de Sweetheart ("doçura" – em inglês ) numa referência inversamente direta à ferocidade do seu temperamento, a fera, um macho adulto da única espécie capaz de viver ao mesmo tempo em água doce e salgada, transformou-se numa espécie de monstro-celebridade do país, após atacar uma dúzia de barcos que ousaram invadir seu território predileto, um braço de rio a cerca de 80 km da cidade de Darwin.

Esperto, como todos os crocodilos, mas imprevisível como nenhum outro, Sweetheart costumava variar seus ataques de forma a pegar suas vítimas sempre de surpresa. Nutria, no entanto, uma especial aversão por motores. Não raro investia de encontro às hélices, deixando cravados seus dentes nos motores de popa.

Em 1979, preso numa enorme armadilha, o animal foi sedado e durante seu transporte para o cativeiro acabou batendo em um tronco e afundando. Como conseqüência seus pulmões encheram-se de água causando sua morte. Por ironia a fera das águas morreu afogada!

Fonte: http://www.ntnews.com.au/article/2008/08/14/5199_ntnews.html