terça-feira, 7 de junho de 2011

Diabo de Jersey

As origens do Diabo de Jersey são controversas. A versão mais popular aponta Leeds Point, Nova Jersey, e 1735 como local e ano de seu nascimento. Ele veio ao mundo, dizem, quando uma certa sra. Leeds, ao saber que estava grávida pela décima-terceira vez, disse que era melhor nascer o diabo logo de uma vez. E assim foi.

A grotesca criatura, com asas de morcego, cabeça de cavalo, cascos fendidos e cauda, voou para as terras áridas dos pinheiros ao sul de Nova Jersey e lá viveu desde então, como o mostram as misteriosas mortes do gado, as pegadas enigmáticas, os gritos sinistros durante a noite e, em raras ocasiões, os avistamentos. Conhecida inicialmente como o Diabo de Leeds, por volta do século XIX passou a ser chamada o Diabo de Jersey.

O diabo de Jersey causa intrigante mistério há mais de 350 anos em Nova Jersey, e muitos tentam esclarecê-lo. Uma senhora, Leeds de Estelville, sabendo-se grávida pela 13ª vez, revoltou-se dizendo que não queria ter mais nenhum filho, dizendo: "Espero que seja um diabo". Ele nasceu horrivelmente deformado. O bebê nasceu com chifres, cauda, asas, uma cabeça semelhante a do cavalo. A criatura visitava a senhora Leeds todos os dias. Um dia ela deixou que êle se fosse e nunca mais voltou. O chamam the Leeds devil.

Uma outra versão é que o pai da criança era um soldado inglês e Deus teria amaldiçoado a criança por ser fruto de uma traição.


Uma outra senhora, Shrouds de Leeds Point, Atlantic County, manifestou o desejo de que o próximo filho fôsse um diabo. E ele nasceu deformado. Então o protegeu, escondendo-o dos curiosos. Em uma noite de tempestade, a criança bateu as asas, saiu pela chaminé e nunca mais a família teve notícias dele.

Em Burlington, em 1735, em uma noite de tempestade, Mother Leeds entrou em trabalho de parto. Os amigos estavam ao seu redor, aguardando o nascimento do bebê. Mother Leeds e o marido acreditavam que fossem uma bruxa e um diabo. Mas o bebê nasceu normal. De um bebê normal se transformou em uma criatura com patas, cabeça de cavalo, asas e um rabo forquilhado. Na presença de todos, bateu as asas e voou pela chaminé, circunvoou as vilas e partiu em direção aos pinheiros. Em 1740 um sacerdote exorcizou o diabo e por 100 anos êle não foi visto...até 1.890.

Realmente, essas histórias ultrapassam o limite da credibilidade. Mas mais de 1.000 pessoas respeitáveis testemunharam esses acontecimentos e o descreveram com quatro pés, alto, cabeça de cavalo, asas de morcego, pés de ave, casco de animal, e alguns possuem o rabo bifurcado. As descrições variam em natureza e detalhes.

As aparições do Diabo de Jersey tem ocorrido para vários tipos de pessoas, tais como para médicos, advogados, policiais e cidadãos respeitáveis. Particularmente, em 1.800 um anormal insight ocorreu quando o comandante Stephen Decatur estava operando com um canhão com seus homens. Repentinamente uma abominável criatura ficou voando direto no fogo do canhão, mas nada aconteceu.

Particularmente, 1.840 foi um período de estranhas aparições. Grandes quantidades de carneiros e galinhas foram mortas por criatura não identificada. Muitas pessoas viram as pegadas de criaturas desconhecidas, e ouviram gemidos na vizinhança.

Uma das aparições ocorreu em 1.899, que o jornal de Filadelfia publicou, envolve o senhor George Saarosy, o qual, através da janela, o viu voando.

As aparições em torno do ano de 1.909, durante a semana de 16 a 23 de janeiro, todo o estado de Nova Jersey foi aterrorizado por um estranho habitante, que ninguém se atrevia a sair mesmo durante o dia. As escolas ficaram fechadas, as fábricas suspenderam o trabalho, porque os empregados não queriam sair de casa. Os cães, galinhas e gatos foram encontrados completamente mutilados. Havia pegadas bizarras em tôda Nova Jersey, Filadelfia e região de Delaware.

O professor Bralhopf acredita que seja um animal pré-histórico, possivelmente um Pterodactyl. Outros, acreditam que o animal seja o filho deformado da senhora Leeds, que nasceu em 1.735, o qual perdeu sua natureza humana.

Desde então, de quando em quando, a criatura foi vista por várias pessoas em locais diferentes, e dizem que Pine Barrens, conhecido por Leeds Point é a sua atual residência. As pessoas ali residentes respeitam esse fato... ou lenda.

Fonte: http://criptopage.caixapreta.org/secao/criptozoologia/cripto_diabo_de_jersey.htm
Postar um comentário