domingo, 13 de março de 2016

O Homem-Lagarto do Pântano


Depois da chuva de aligátores, mais um caso estranho lá da Carolina do Sul (EUA): o homem-lagarto do Pântano Scape Ore (também conhecido como Lizard Man de Lee County) que se supõe ser um humanoide reptiliano habitando a região em torno do pantanal de Lee County.

Ele é descrito como tendo até dois metros de altura e como qualquer humanoide é bípede, sua pele é escamosa e verde, tendo seus olhos vermelhos. Suas mãos e pés são constituídos por três dedos com umas espécies de garras retráteis e assim como os lagartos a criatura tem grande capacidade física em razão ao seu tamanho.

A lenda tem início no ano de 1988, onde um local de 17 anos, Christopher Davis, afirmava ter visto esta criatura no pantanal. De acordo com seu relato ele estava parado em uma rua trocando o pneu de sua caminhonete quando ouviu um barulho e viu a criatura correndo em sua direção, Davis então se trancou dentro de sua caminhonete enquanto o reptiliano tentava lhe tirar de lá de dentro. Não deu muito tempo e o homem-lagarto o deixou em paz.

Christopher foi a delegacia e além de seu relato extremamente bizarro, foi constatado muitos arranhões no teto de sua caminhonete, a polícia disse não saber do que se tratava aqueles arranhões e não deu muita importância para Christopher, dizendo que ele só estava cansado e tudo devia ser um ato de amigos.

Nas semanas que se prosseguiram, Bishopville (cidade ao lado do pântano), teve um crescente número de pessoas que diziam ter visto o "homem-lagarto", até mesmo o FBI tentou descobrir o que se passava naquele pântano. Uma rádio local oferecia um milhão de dólares a quem conseguissem capturar o humanoide. A região tinha se transformado em um verdadeiro caos.

No entanto, os relatórios sobre o homem-lagarto foram diminuindo assim que o verão estava acabando, o ultimo relato de 1988 é de Kenneth Orr, um aviador que apresentou um monte de provas e contava que havia atirado na criatura. Assim que a polícia começou a investigar, ficou sabendo que tudo não passava de uma grande mentira de Orr, como final ele acabou preso e a lenda sobre a criatura, viva.

O caso ficou praticamente esquecido até que em fevereiro de 2008, um casal de Bishopville, chamado Bob e Rawson Dixie, relataram na polícia local alguns estranhos acontecimentos envolvendo seu gado. O casal mostrou provas de ranhuras em seu carro e apresentou o sumiço de 3 vacas.

A polícia resolveu analisar o sangue encontrado no teto do carro para que se soubesse o que havia acontecido, o resultado dado foi de que o sangue era de um coiote. Pouquíssimos dias depois os Dixie encontram uma vaca toda aberta em sua fazenda, e pelo o tipo de ferimento algo muito maior do que um coiote tinha feito aquilo. A polícia deu o caso como encerrado.


Traduzido da Wikipédia
Postar um comentário